Disfunção temporomandibular e dor orofacial: como elas se relacionam?

O que é dor orofacial?

A dor orofacial é o termo utilizado para identificar qualquer dor que se localize nos tecidos moles e mineralizados que, como o próprio termo indica, estão localizados na cavidade oral e na face. Diversos são os fatores etiológicos relacionados aos sintomas álgicos, dentre eles a dor nos dentes e nos tecidos periodontais, as neuralgias, os tumores, a fibromialgia, as dores de cabeça, e a disfunção temporomandibular.

O que é disfunção temporomandibular?

O termo disfunção temporomandibular, identificado pela sigla DTM, é utilizado para definir alguns problemas que podem acometer a articulação temporomandibular (ATM).  No entanto, o termo não se restringe apenas a problemas articulares, podendo também ser decorrente de desequilíbrios musculares e funcionais.

O que causa a DTM?

A DTM pode estar relacionada a diversos fatores, desde fisiológicos até psicológicos e emocionais. Há alguns anos, acreditava-se que a disfunção temporomandibular estava estritamente relacionada à posição dos dentes. No entanto, após estudos comprovados, outras causas foram associadas a essa patologia. Dentre elas, é possível citar como principais:

  • Alterações dentárias, tais como perdas ou desgastes dos dentes, dentaduras mal adaptadas, mastigação unilateral;
  • Lesões causadas por traumas ou degeneração da ATM;
  • Tensões musculares causadas por fatores psicológicos, como o estresse e a ansiedade;
  • Certos hábitos inadequados, como roer unhas, morder objetos e alimentos muito duros, apoiar a mão no queixo, ranger ou apertar os dentes durante o sono (bruxismo do sono);
  • Predisposição genética para dores crônicas.

Quais os principais sinais e sintomas da DTM?

Como explicado anteriormente, a dor orofacial pode ser considerada um dos sintomas da disfunção temporomanbibular. Nesse sentido, quem está com DTM pode sentir:

  • Dor próxima à articulação temporomandibular, que pode irradiar para a cabeça e para o pescoço;
  • Nos ouvidos, é possível sentir zumbidos e a sensação de ouvido tampado;
  • Emissão de sons ao abrir ou ao fechar a boca (estalos ou outros ruídos na ATM);
  • Dificuldades ou dor para abrir a boca;
  • Dor ao apalpar a região da ATM e os músculos que participam da mastigação;
  • Travamento da mandíbula.

Como a fonoaudiologia trata a DTM?

A maior parte dos casos de DTM deve ser tratada por uma equipe composta por diversos profissionais, tais como  fonoaudiólogo, odontólogo, psicólogo, fisioterapeuta, otorrinolaringologista e neurologista.

No que diz respeito à fonoterapia, após a avaliação minuciosa do paciente o planejamento terapêutico deverá ser preparado criteriosamente. A terapia envolve tanto o alívio dos sintomas e o equilíbrio muscular como também a adequação das funções de respiração, mastigação, deglutição e fala do indivíduo com DTM. Na maioria dos casos, é fundamental que o paciente seja conscientizado a respeito de seus hábitos orais nocivos e orientado a contribuir com a evolução de seu quadro clínico.

Como o laser de baixa potência pode ajudar?

Além dos tratamentos tradicionais que envolvem termoterapia, massagens e outros métodos terapêuticos,  é possível também utilizar a laserterapia como recurso complementar para tratar os sintomas decorrentes da disfunção temporomanbibular.

Seja pelo efeito analgésico, pelo relaxamento da musculatura ou por sua ação anti-inflamatória, a laserterapia é extremamente vantajosa aos pacientes com disfunção temporomandibular, tendo em vista que consegue reduzir a sintomatologia e otimizar a terapia.

Fontes: Perguntas frequentes e respostas retiradas diretamente do manual de FAQ sobre Motricidade Facial da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia.

“Laser e LED tratam a disfunção temporomanbibular e paralisia facial”. Acesso em 05/03/2018. 

Agora que você já sabe qual é a relação entre disfunção temporomanbibular e dor orofacial, que tal conhecer um pouco mais sobre um dos tratamentos que expliquei neste artigo? Saiba tudo sobre o laser de baixa potência aplicado à fonoaudiologia no guia completo que escrevi sobre o assunto!

 

Guia Introdutório:

A Laserterapia aplicada à Fonoaudiologia

Baixe grátis

Recommended Posts